quinta-feira, novembro 24, 2005

Adeus ao Sam

Minha intenção era preparar um texto bem interessante e ajeitadinho para reativar o blog depois desse tempo de seca. A crise passou, e agora eu já tenho tempo para escrever coisas decentes. Mas um acontecimento muito triste me desviou desse propósito.
Sam, oficialmente o cachorro mais feio do mundo (se você não sabe nada a respeito, seu herege, olhe esse post antigo aqui: http://alessandrasouza.blogspot.com/2005/08/todo-cachorro-lindo.html ) nos deixou no dia 18 de Novembro, depois de sofrer uma insuficiência renal. Ele contava 15 anos de idade e deixou para trás sua dona, Susie, absolutamente arrasada. Por mais que fosse feio - e quem viu sabe, ele era MUITO feio - Sam ajudou sua mamãe a passar por vários períodos difíceis dando afeto como só cachorros sabem dar. Foi um caso de almas gêmeas, já que Susie também salvou Sam ao adotá-lo quando ele já era velho e bem feio, além de um tanto anti-social.
Meu sincero e sentido adeus a um cachorro que com certeza tornava o mundo um lugar mais interessante.

2 Comments:

Blogger Claudio Costa said...

Qualquer história de amor é linda. Qualquer história da perda deste amor é triste. Muito triste. Mas a lembrança pode ser boa, como a que você tem. Abraços.

8:47 PM  
Blogger Rosa said...

QUERIA RETRIBUIR A VISITA E agradecer a sua apesar de me ter muito mal compreendido e quase insultado...
Vinha ver do que é que você fala afinal...e percebi que isto não é um Blog...é o que você quiser, não é? e que gosta de cão feio...ou aprecia quem gosta. Tudo bem, mas podia ter lido um pouco mais em profundidade o que eu escrevo e não julgar tão facilmente...ou superficialmente. Escrevo baseada em vasta pesquisa e sei do que falo. Lamento que só tenha encontrado bobagem no que escrevo...e tenha sido uma visita tão agressiva. Não sou cachoro feio mas sou uma senhora de idade...não falo de cor!
Desejo-lhe mais compreensão e calma.
Rosa Leonor

7:58 PM  

Postar um comentário

<< Home