quinta-feira, setembro 08, 2005

Olfato

Estava lendo agora um artigo sobre cheiros. Não vou linkar não, estou com preguiça. Mas ele falava uma coisa que eu já pensava: as pessoas andam visuais demais e não sentem mais o cheiro de nada. Ninguém pára mais para realmente curtir um odor. Você conhece o cheiro do seu local de trabalho? Reconheceria o cheiro do seu melhor amigo? Percebe na hora a diferença que há no cheiro de uma fruta orgânica de outra cultivada com adubos químicos e agrotóxicos (e a diferença é enorme)?
O que contribui também é essa mania moderna de limpeza. É claro que higiene é fundamental, mas para mim as pessoas tem que ter cheiro de gente, não cheiro de química. É até gostoso passar um perfuminho às vezes, mas as pessoas exageram e se cobrem de cremes, desodorantes, talcos e outros cheiros artificiais, que cobrem totalmente os naturais, considerados indesejáveis e sujos. De minha parte, me sinto até mal em lojas de cosmético e em perfumarias, fico tonta com aquele cheiro forte e horroroso de laboratório, de imitação de flor. Sem contar que minha alergia detesta.
O olfato é um dos sentidos mais primitivos e mais emotivos. Desperta sensações e lembranças de maneira intensa. Fazemos institivamente associações muito fortes a cheiros, que às vezes tem pouco a ver com o cheiro ser bom ou ruim. Por exemplo: uma pessoa que adora nadar, ama mesmo, provavelmente vai gostar de cheiro de cloro de piscina, por associação. Da mesma maneira, se houver uma tonelada de flores no enterro de alguém que eu amo muito, ir a uma floricultura depois pode me deixar triste e enjoada.
Por diversão então, vou listar alguns dos meus cheiros preferidos, com suas devidas associações. Quem gostar da brincadeira, saia cheirando o mundo e faça sua própria lista. De preferência, depois me mostre.
- O cheiro da minha mãe.
- O cheiro das minhas avós.
- O cheiro da minha cachorra.
Esses 4 eu reconheço em qualquer lugar, sob qualquer circunstância.
- Mistura de cheiro de diesel com maresia. É o cheiro do dinheiro para mim. É cheiro de barco.
- Cheiro de lençóis limpos. Aquela mistura do cheiro de algodão com sabão de coco, sabe?
- Forno a lenha.
- Chuva no asfalto quente. É o cheiro de São Paulo.
- Flor de limoeiro.
- Cheiro da gasolina, quando eu abasteço o carro.
- Charuto e cachimbo.
- Cheiro de papel, com um toque de poeira e de desinfetante (cheiro de biblioteca).
- Cheiro, suave e limpo, de suor masculino.
Agora é sua vez.

11 Comments:

Blogger Alex said...

alho refogando, baunilha, chuva, mar, pé de mulher bonita

5:26 PM  
Blogger Gabriel said...

Ah, este meu sentido é comprometido!
Mas que o excesso de perfume estraga, estraga. Quero gente, nao química! "Nao saco nada de química" - de literatura e gramática eu sei um pouquinho, o que me faz feliz.
Cheiro de suor masculino eu só conheco de vestiário de futebol. E tem o cheiro do gelol também, que acaba impregnando o ambiente todo. Cheiro de picanha é bom, cheiro de chocolate, cheiro de livro novo. Cheiro que nao gosto: linguiça, mortadela (odeio!), gato, cachorro e animais em geral, incluindo excrementos.
É só o que eu me lembro agora.
Beijos

3:08 AM  
Blogger sabios de siao said...

Cheiro do mar (mesmo poluído), praia (embora suja), cheiro de rio, lama, mangue, enfim, tudo isso junto: o cheiro da minha cidade...
Therence

6:35 PM  
Blogger Denise Arcoverde said...

Eu tenho um péssimo olfato! ontem mesmo, botei uma galinha no fogo (uma raridade! hehehe) e ficou lá, quando meu marido chegou a casa estava incensada de cheiro de galinha queimada e eu não percebi de jeito nenhum! hehehe...

Mas, tenho algumas boas lembranças olfativas, como os perfumes dos meus primneiros namorados...

:)

Beijocas e boa semana!

10:22 AM  
Blogger Beattrice said...

Eu tenho uma caixa de bugingangas desde a adolescência, e outro dia fui dar uma cavucada nela e achei o restinho de um perfume que eu amava...

Putz, me senti uma vez mais aos 16, foi muito gostoso relembrar aquela época. Cheguei a lembrar de detalhes, como o nome da cor do batom que eu usava. Ou do carinha que eu estava apaixonada na época!

Cheiros me tocam muito mais que imagens!

Beijos!

11:35 AM  
Anonymous Quasssar said...

Cheiro de peido embaixo das cobertas. As próprias entranhas expostas de maneira egoísta num universo fechado.

10:19 AM  
Anonymous qUARK said...

ótimo
Cheiro de grama cortada
Cheiro não, perume de jasmin, de angélica, de rosa, de pinheiro, de eucalipto
cheiro de mexerica
cheiro de salsinha
cheiro de dil
horrível
cheiro de cigarro
cheiro de borracha queimada

2:04 PM  
Anonymous Anônimo said...

Cheiro de peido!
nada mais íntimo de sentir o peido da mulher amada

ou cagada, tanto faz.

10:39 AM  
Blogger Jair Beirola said...

cheiro de mulher depois do sexo. alguns vinhos. peido de feijoada.

4:58 PM  
Anonymous Patrícia said...

cheiro de sexo.
cheiro de chocolate
cheiro de mexerica
cheiro de vick de quando ficava gripada... a pomada vick que eu colocava no peito....

1:06 AM  
Anonymous Anônimo said...

cheiro de café

8:59 AM  

Postar um comentário

<< Home