terça-feira, junho 14, 2005

Dorothy Parker



Eu sou grande fã de Dorothy Parker. Escritora, crítica literária, dramaturga, poeta e acima de tudo, uma mulher fabulosa. Foi revolucionária, marcou a sua época, falava as coisas que nenhuma outra mulher se atrevia a verbalizar, com ironia fina e inteligência incomum. A vida dela merece um post maior, que eu vou ficar devendo. Por enquanto, coloco aqui um dos meus poemas favoritos. Fica só para quem fala inglês, mas eu não sei onde encontrar uma boa tradução e com certeza não teria o atrevimento de fazer uma eu mesma.

The Lady's Reward

Lady, lady, never start
Conversation toward your heart;
Keep your pretty words serene;
Never murmur what you mean.
Show yourself, by word and look,
Swift and shallow as a brook.
Be as cool and quick to go
As a drop of April snow;
Be as delicate and gay
As a cherry flower in May.
Lady, lady, never speak
Of the tears that burn your cheek-
She will never win him, whose
Words had shown she feared to lose.
Be you wise and never sad,
You will get your lovely lad.
Never serious be, nor true,
And your wish will come to you-
And if that makes you happy, kid,
You'll be the first it ever did.

3 Comments:

Blogger Denise Arcoverde said...

Alessandra!!!!!!!! esquecemos da maravilhosa Dorothy Parker na lista das mulheres dificilimas!!! hehehe quando chegar do aeroporto, incluo nossa querida!!!

11:47 AM  
Blogger Alessandra said...

Oras Denise, você tem toda a razão! Se há uma mulher realmente difícil que não pode ser esquecida, é Mrs. Parker.

5:03 PM  
Blogger Julliana said...

Essa pintura de guerra custa tanto, né Alessandra? Pois eu aprendi e sempre fui adepta da cara limpa. Agora, serei adepta do espírito limpo tb. Respeito às minhas preferências de maquiagem ;)

Bjão e obrigada pelo elogio!

12:10 PM  

Postar um comentário

<< Home