quarta-feira, abril 25, 2007

Detesto polemistas por princípio, qualquer que seja a opinião que eles dêem. Me parecem sujos como mercenários de guerra.

Eu me recuso a ler qualquer pessoa que se auto-intitule polemista. Qualquer um que faz isso sem corar é canalha. Ou sou só eu que acho ridículo que uma pessoa seja paga para fazer polêmica? O cara toda semana sentar para trabalhar e pensar “de que polêmica eu vou falar hoje”? Faz favor, isso não é ocupação de gente decente.

O certo, o natural, é a pessoa apresentar idéias, de preferência (mas também não é obrigatório) originais. Se as idéias dele prestarem para alguma coisa, eventualmente vão produzir uma controvérsia, as pessoas vão debater, discordar e talvez, talvez! alguma coisa interessante saia disso tudo. Ponto. É assim que cavalheiros fazem polêmica: por acaso.

7 Comments:

Blogger Paulo Tiago said...

E o Brasil é repleto de polemistas que nada entendem, mas que adoram dar pitaco. Caetano Veloso, por exemplo, ou mesmo o Arnaldo Jabor, que acha que pode falar sobre qualquer coisa. Temos essa maldita mania de "achismo", que contagia demais e faz com que completos idiotas digam as maiores asneiras e ainda, de quebra, formem opiniões tão distorcidas quanto as deles. E o pior: fazem isso para aparecerem, para criarem polêmica e irem para o foco da mídia. Odeio!

6:27 PM  
Blogger Alex aka Gypsy Girl said...

Bem colocado, Ale! Tava com saudades dos seus "fired up" posts :)

11:38 PM  
Blogger Helder da Rocha said...

Os polemistas sao apenas uma parte do grupo de chatos que opinam sobre tudo. Esses terroristas sentem imenso prazer em atazanar a paz alheia com pontos de vista previsiveis. Mas se eles existem eh porque ha quem gosta de ouvi-los; eles falam o que as pessoas querem ouvir. Ah, mas se Dante estiver certo, a vinganca nao falhara, pois existe uma vala no oitavo circulo do Inferno reservada para aduladores, puxa-sacos a afins. La esses chatos ficarao submersos na propria merda, que terao que engolir por toda a eternidade.

7:37 PM  
Blogger Gabriel said...

Bernardo Soares: ter opiniões é uma grosseria.
E os blogs são o meio mais fácil para que qualquer um dê suas desprezíveis opiniões sobre todos os assuntos possíveis em gênero número e degrais. Enfim. Questão de pães e que tais.
Um beijo

7:51 PM  
Anonymous Paulo said...

Alessandra, não encontrei seu email, por isso vai por comentário mesmo. A verdade é que estou meio travado para escrever. E um pouco por culpa sua. Primeiro, este seu texto sobre polemistas (com o qual concordo plenamente) me faz ter medo de escrever qualquer coisa remotamente parecida com o que escrevi no meu passado vergonhoso de polemista. Mas o que está mesmo me travando foi um comentário seu dizendo que prefere textos com humor lá no site. O problema é que ando meio melancólico - e anda difícil escrever com humor. Daí, como fico com medo do julgamente, não escrevo nada. Dureza.

bjs

11:13 AM  
Blogger João said...

Que bom que voltamos a ler suas palavras. Eu faço parte dos chatos que opinam sobre tudo. Não me considero um polemista, como você descreveu, mas gosto de um debate.
Beijos, minha cara

12:28 PM  
Blogger Helder da Rocha said...

Acho que exagerei na definição "chatos que opinam sobre tudo". Era para ser "chatos que têm opinião formada sobre tudo". Pensar e opinar sobre algo que nos interessa é saudável, assim penso. Acho que o debate é bom e produtivo quando 1) os participantes têm algum conhecimento e real interesse no assunto que se discute e 2) defendem pontos-de-vista nos quais acreditam (e não simplesmente para causar polêmica, chamar atenção, ser do contra ou exibir erudição).

1:10 PM  

Postar um comentário

<< Home