segunda-feira, novembro 06, 2006

Teorias assumidamente generalistas sobre o trânsito em São Paulo e sua população


- Quanto mais penduricalhos no espelho retrovisor, pior é o motorista.

- A regra acima também é valida para adesivos.

- As duas regras anteriores valem em dobro se os penduricalhos/adesivos em questão estiverem mostrando o quanto o condutor ama Jesus ou é feliz por ser católico.

- Carros velhos andam devagar. Carros populares andam (em geral, vide demais regras) numa velocidade mais ou menos normal. Carros caros correm. Mas carros muito caros andam quase tão devagar quanto carros velhos.

- Carros verdes, por algum motivo, sempre são conduzidos por motoristas lentos e distraídos. Especialmente se for um Fiat Brava, vai entender.

- Mulheres são motoristas ruins, homens são motoristas desastrosos. As mulheres fazem as pequenas besteiras, como fechar o cruzamento, raspar a roda na guia ao estacionar, parar em fila dupla e coisas assim. Já os homens fazem as grandes besteiras, tipo passar no sinal vermelho, dar fechadas, beijar o poste.

- Todo motorista de boné é boçal.

- Táxis são aqueles tipos que quando estão na sua frente andam a 30km por hora e, quando estão atrás, ficam dando luz na sua cara mandando você andar mais depressa.

- E claro, ainda está para ser registrado o evento inédito de um taxista sinalizando uma mudança de faixa.

- Ah, as meninas de Ford Ka... fique longe quando ver uma. Normalmente elas acabaram de tirar a carta, são lentas, inseguras e atrapalhadas. Eu já fui uma menina de Ka e ainda não encontrei nenhuma exceção.

18 Comments:

Anonymous Marcus said...

Perfeito.

Não dirijo e portanto não tenho como confirmar tudo, mas acho que você tem razão.

4:15 PM  
Blogger Cris said...

ahuahauhauha, ótimo. eu também não dirijo, graças a deus, e nem quero! já tenho coisas demais que me dão dor de cabeça... meu marido não dirige também, nem o ex. sei lá. acho que vamos fundar uma seita nova...

8:01 AM  
Blogger Alessandra said...

Marcus, Cris, sorte de vocês! Meu sonho é morar numa cidade em que desse para fazer tudo de metrô, a pé ou no máximo de bicicleta. Carro é muita dor de cabeça.

9:35 AM  
Anonymous Alessandro Martins said...

Meu pai costumava dizer que é preciso muito cuidado com os motoristas de chapéu e com os que portam varas de pescar. Principalmente no fim de tarde. Ele tem razão.

Quanto aos carros que utilizam duas faixas ao mesmo tempo:

- Esse aí deve pagar dois IPVAs.

10:13 AM  
Blogger MarcosVP said...

Eu tinha uma lista dessas de generalidades das estradas. Por exemplo: quase todo mundo anda razoavelmente igual em estradas, menos motoristas de Monza e de Uno Mille. Esses, por motivos diametralmente diversos - a potência de seus motores - costumam correr loucamente em estrada. Mulher em Uno, então, Deus me livre. Parece que enlouquecem.

4:50 PM  
Blogger João said...

Pois é, eu concordo com a maioria das observações do seu post, mas a que mais coincidiu com minhas experiências diz respeito às moças de Ka. Inclrível.
Beijo

9:51 PM  
Blogger Diogo S. Lima said...

Eu costumo aplicar a regra das moças de Ka a qualquer ser que dirija um Corsa sedan (o velho). Quando corre, geralmente é o filho do dono.

Quanto às moças de Ka, a última vez em que sofri um acidente de carro foi com uma moça de Ka que bateu na minha traseira. Ha!

10:05 PM  
Blogger Mariana said...

E depois ainda há as mulheres condutoras que por serem mulheres acham que têm sempre prioridade, mesmo em relação aos transeuntes que vão a atravessar a rua na passagem de peões. Muitas vezes essas olham para o lado para fazerem de conta que não os vêem ou passam fazendo uma expressão de "desculpe lá" como se isso perdoasse tudo ou fizesse qualquer diferença.

12:40 AM  
Anonymous Leandro M. P. said...

Como comentaram acima, é bom ficar bem longe de mulheres em Uno Mille. Nada contra as mulheres, mas a junção dos dois não dá certo.

E tem os "senhores de idade avançada", por volta dos 55, dirigindo Corolla. Deus do céu, que perigo esses Corollas...

8:50 AM  
Anonymous Marmota said...

Muito bom isso! Bom, eu tenho penduricalhos no meu retrovisor... Mas faz tempo que não bato o carro. :)

10:46 PM  
Anonymous Donizetti said...

Olha, devo dizer que concordo com praticamente tudo. Minhas observações empíricas te dão razão hehehe

2:06 PM  
Anonymous Patrícia Köhler said...

MUITO boas suas observações! Ri bastante aqui, especialmente pelo que você disse dos taxistas e da relação preço/velocidade dos carros. :D

Eu aprendi a dirigir somente aos 25 anos e antes disso tinha total paúra de trânsito. Hoje me considero uma boa motorista, apesar de realmente ser meio desatenta às vezes.

Uma coisa que eu ando pensando é que, se o motorista anda o tempo todo com as duas mãos ao volante, mesmo numa estrada ou avenida reta e bem asfaltada/sinalizada, ele é inseguro ao volante. Palavra de ex-insegura, que dificilmente se permitia soltar uma das mãos do volante. Hoje o mais difícil e eu dirigir sempre com as duas mãos prensando bem a direção... e, em todas as vezes que andei em carros com motoristas assim, tão 'compenetrados', notei que eram, sim, bastante inseguros, em sua maioria...

Bom, chega, né? Me empolguei. :D

11:32 AM  
Anonymous Patrícia Köhler said...

Só uma correção:

"Hoje o mais difícil É eu dirigir sempre com as duas mãos prensando bem a direção... e, em todas as vezes que andei..."

11:34 AM  
Anonymous Gabi said...

Concordo com tudo. Mas principalmente com o fato da maioria das mulheres ser ruim de volante.

Sad but true

12:37 PM  
Anonymous Camis said...

Voce esqueceu de falar dos motoqueiros...

dorei lelis, bj

1:02 AM  
Anonymous Vozes ocultas obrigam o Társis dizer: said...

Achei uma analise interessante... deixa eu ver

- Quanto mais penduricalhos no espelho retrovisor, pior é o motorista.

Verdade. E se o carro tiver mais de 20 anos de uso, saia logo de perto, é fria.

- A regra acima também é valida para adesivos.

Não, acho que adesivar o carro é mais uma questão de mau gosto do que de mau uso do veículo.

- As duas regras anteriores valem em dobro se os penduricalhos/adesivos em questão estiverem mostrando o quanto o condutor ama Jesus ou é feliz por ser católico.

Já pensei eu usar um adesivo "SOU FELIZ POR SER CAÓTICO", mas na real eu odeio adesivos. Em minha última vida, eu pintava cruzes de alemães abatidos na lateral do meu Nieuport 17. Em 1917 o conceito de brega ainda não existia.

- Carros velhos andam devagar. Carros populares andam (em geral, vide demais regras) numa velocidade mais ou menos normal. Carros caros correm. Mas carros muito caros andam quase tão devagar quanto carros velhos.

De fato.

- Carros verdes, por algum motivo, sempre são conduzidos por motoristas lentos e distraídos. Especialmente se for um Fiat Brava, vai entender.

Isso é um engano. Eu tinha um carro verde e dirigia como se fosse um piloto de Caça.

- Mulheres são motoristas ruins, homens são motoristas desastrosos. As mulheres fazem as pequenas besteiras, como fechar o cruzamento, raspar a roda na guia ao estacionar, parar em fila dupla e coisas assim.
Já os homens fazem as grandes besteiras, tipo passar no sinal vermelho, dar fechadas, beijar o poste.

O pessoal do seguro também acha isso. Na realidade eu concordo.

- Todo motorista de boné é boçal.

Se ele não for ele fica, só porestar de boné. Agora cuidado com tiozinhos de boné. Esses são um perigo total.

- Táxis são aqueles tipos que quando estão na sua frente andam a 30km por hora e, quando estão atrás, ficam dando luz na sua cara mandando você andar mais depressa.

O mesmo para os motoboys

- E claro, ainda está para ser registrado o evento inédito de um taxista sinalizando uma mudança de faixa.

O taxista não sinaliza porque gasta a luzinha da seta.

- Ah, as meninas de Ford Ka... fique longe quando ver uma. Normalmente elas acabaram de tirar a carta, são lentas, inseguras e atrapalhadas. Eu já fui uma menina de Ka e ainda não encontrei nenhuma exceção.

Eu já bati na traseira de uma (no mal sentido), realmente, se vc estiver andando sábado a noite e ver uma guria num Ford Ka, desacelere, mude de faixa e deixe ela sumir da sua vista! Que deus a leve em segurança, de preferência para o outro lado da cidade!

5:12 PM  
Anonymous Olivia said...

se eu fosse falar sobre o transito em são paulo, diria isso tudo exatamente como você disse. só adicionaria o péssimo hábito dos taxistas de santana de te fechar a todo momento.

6:25 PM  
Anonymous Anônimo said...

Outros motoristas complicados: Pessoas idosas e homens de chapéu (chapéu mesmo, não o já citado boné-boçal). agora imagine uma senhora de chapéu ao cair da tarde... Tá explicado.

7:43 AM  

Postar um comentário

<< Home